18.3.16

O sentimento de uma ideia em estado bruto me absorveu, teceu casulos de borboletas, de asas de múltiplas cores, na minha alma. Meu coração tem pulsado em outro tom, uma nova melodia. Eu me permito amar esse momento que antecede o mundo concreto, onde tudo pode acontecer, em que não há certezas, nem há chão embaixo dos pés. Não tenho mais medo do que não conheço, tenho encontrado na minha essência uma curiosidade apaixonada.

Nenhum comentário: