27.3.15

Quando eu explodo em lágrimas, é a prova que todos precisavam para poder dizer que eu não sou tão forte quanto pareço. Pra mim não há maior humilhação, detesto chorar em público. Eu não domino a arte de me fazer de importante, pareço ser uma pessoa totalmente dispensável. Talvez percebam quando eu estiver bem longe. Outra coisa, eu tenho uma qualidade que também é um defeito: persistência (teimosia). Eu crio metas na minha cabeça e não desisto, mesmo que pra isso eu perca meus pedaços no caminho. Ando precisando urgentemente me espiritualizar. E refletir sobre o que dar importância. Talvez assim também me torne importante.

Nenhum comentário: