18.12.13

Quer ver a sorte, querida? Disse a cigana. Eu tenho muita sorte, não preciso ver, eu sei.

Nenhum comentário: