14.11.12

Navego agora em um mar de sentimentos misturados, tanto que me faz pensar não estar sentindo nada: a soma de todas as cores. Não conseguir definir as sensações, faz deste nada a solução para conter a onda que se forma na minha alma. Não me liberto porque tenho muito medo de mim. Falta amplidão para que os sentimentos ocultos possam ser extravasados sem machucar. Infelizmente, este mundo não nos dá mais tempo e lugar para descobrirmos quem nós somos e acabamos sendo de verdade apenas um pedaço do que poderíamos ser.

Nenhum comentário: