3.4.12

Não, eu não quero falar com você, por que para falar com você é preciso mentir. É sempre a explosão por dentro e a contensão por fora. Se algum dia algo de verdade escapoliu, você cuidou de calar com suas frases feitas, seu nada a dizer. Eu vi a cena, as pessoas se descabelando e você contempla sem emoção, sem ação. A pessoa incendeia e você segura os braços, você joga água fria, apaga os sinais.

Eu poderia ter te amado, poderia ter arregaçado as mangas e passado muito trabalho ao seu lado, ainda bem que você não quis.

Nenhum comentário: