25.11.11

Você não sabe como é difícil engolir essa situação, faz uma semana e meu estômago ainda não aceitou muito bem. Nunca entendi como é que pode você não gostar de mim, ou como é que pode eu gostar muito de alguém e não ser correspondida. Como é que pode, se a minha carne com a sua carne combinam, se as nossas mentes conversam, o que é que há de errado que lhe faz não gostar de mim da forma como eu gosto de você. Qualquer desculpa furada não vale, do tipo "eu não estou pronta para um relacionamento sério agora", "você é especial e eu não quero lhe magoar de novo", "você é muito para mim" ou "quero a sua amizade, por que não suportaria a idéia de perder você uma segunda vez". Uma amiga minha me disse uma vez, algo que não esqueci... Que quando alguém gosta de verdade fica. Eu acredito nisso porque quando eu gosto não consigo suportar a idéia de perder, ficar longe do calor da outra pessoa me deixa doente, pensar que nunca mais vou sentir o cheiro acaba comigo. E olha que eu sou bem covarde com essas coisas de amor. Por isso tudo, é muito difícil aceitar que você não vai nem sequer tentar reverter a situação. Algo em mim diz que não deve estar sendo fácil para você também, embora um diabinho pousado no meu ombro esquerdo me diga que eu estou fantasiando e tentando me enganar, por que eu acho que você se acustumou comigo todos os dias na sua vida. Mas se você só precisa de alguém para concordar com suas teorias idiotas sobre o amor... aí é fácil encontrar alguém para por no meu lugar. As suas teorias idiotas sobre o amor só servem nesse momento, comigo do seu lado dando uma de salvadora, curando suas dores, mas assim que você encontrar alguém que você respeite, provavelmente alguém nos seus moldes, todas essas teorias idiotas e tristes vão dar lugar a mais um relacionamento idiota e triste. E eu, bom, eu fiz bem em cair fora... Por que eu não sirvo para você e nem você para mim, mas que é difícil de digerir a sua indiferença, ah é.

Um comentário:

Tati Chavier disse...

Gostei do blog.