25.1.11

O meu corpo era um grito latente. O meu coração batia como se falasse.

Um comentário:

Beleza de Ser disse...

Muito bom isso. Assustador no sentido físico, mas belo no seu lirismo.