3.7.10

Não há como impedir que os cabelos brancos nasçam, nem que a pele fique marcada. E aí nos perguntamos quem somos nós diante do espelho, que já não somos aqueles que costumávamos ser, que recém estávamos começando a conhecer, quem somos nós? Ainda bem que nós somos muito mais que o corpo e precisamos ser cada vez mais, neste mundo frio, muito mais que um corpo, para que haja sentido.

Um comentário:

Anônimo disse...

:)
gosto muito de você.