9.11.09

Pois que assim seja. A maioria dos acontecimentos independe da nossa vontade, eles simplesmente caminham com suas próprias pernas, o que cabe a nós, muitas vezes, é apenas o primeiro passo ou o ato de virar-se em determinada direção para guiar os pés. Aconteceu comigo o que chamam de amadurecimento, porque eu não penso que isto que sinto aqui seja um esfriamento dos sentimentos, eu não acredito nesta idéia, eu acho que quem é sentimental permanece sentimental a vida toda, é algo que tem a ver com a essência de cada um. Então, um belo dia a gente acorda de manhã passa pelas mesmas coisas de sempre, mas não vê mais com os mesmos olhos. Sente, sim, dói, sim, a saliva desce seca pela garganta, as mãos ficam estáticas impactadas, até os cabelos parece que atendem à lei da gravidade de uma forma diferente, com mais peso. Os olhos, ah, os olhos, enchem e esvaziam-se de água, sugam as lágrimas de volta, fecham, sopram para dentro um afago de calma ou de tanto faz. Pois que seja, o próximo amor é sempre o melhor.

Nenhum comentário: