23.10.09

Eu gosto da emoção em carne viva
Da faísca incandescente
Do dia amanhecendo

Não há nada mais repleto
De energia e de vida
Que um recomeço

Nenhum comentário: