18.11.09

Eu fiz um samba
À meia luz e casa vazia
Busquei cada palavra
Com carinho fiz a melodia
Até ergui os braços em lamentação

Brinquei com as pernas
Cantei de olhos fechados
Fingi dançar contigo
Pra depois sorrir magoado
E segurei a lágrima até o refrão

Chorei minhas dores
Explodi de amores
Fui no improviso…
Assinei embaixo e ficou bonito
Meu samba de amor em vão

Nenhum comentário: