1.7.09

A gente começa muito cedo na vida a ser quem a gente é. E quase sempre não há o que impeça que a gente siga apenas sendo, ou a força de ser quem a gente é acaba vencendo as barreiras que a vida impõe, para o nosso bem ou para o nosso mal. O mais importante é se conhecer, se aceitar e arcar com as consequências.

Nenhum comentário: