4.6.09

E eis que nunca alguém me compreendeu tão bem:

"Mas em você eu vejo água.
Por dentro. Água.
O que vejo não é você se incendiando como eu.
Mas tentando sair da água.

(...)

Você parece mergulhada na dor,
e não consegue sair dela."

2 comentários:

Anônimo disse...

não se soca quem já tá no chão.

A. disse...

olha o drama!