25.5.09

O tempo está mudando, dá pra sentir no ar. Geralmente mudança me dá tanto medo. "Tu tem que encontrar alguém que goste dos teus altos e baixos", me disseram. E hoje eu estava capturando as estranhezas de outras pessoas, porque às vezes eu funciono como um espelho, e é preciso separar quais daqueles sentimentos que são meus. Definitivamente, eu odeio as despedidas, no mundo perfeito elas não existiriam. E a gente fica adiando durante horas, perdidas naquele lugar longe de tudo e todos. Lá a gente não precisa de nada além de alguma bebida, boa música, incenso e cama. Não precisava até agora, o tempo está mudando. Que remédio eu tomo para não ter medo de entregar o coração?

Nenhum comentário: