7.2.09

Yeah, I'll be your pet, if you just tell me it's a gift
'Cause I'm tired of whys, choking on whys,
Just need a little because, because


Não consigo mais lidar com tantas perdas. As perdas são cortantes. Então, num minuto de solidão e silêncio, penso: seria melhor não ter a ilusão da presença para depois não sofrer com a verdade da perda?

Sempre defendi a vida com o máximo de emoções, mas as emoções machucam tanto. Meu corpo dói inteiro, e as minhas idéias ficaram lá estraçalhadas no chão da rua junto aos cacos de vidro. Eu precisava de uma ação agora, qualquer coisa, mas não consigo me mexer. Há uma guerra acontecendo dentro de mim, entre o que eu cegamente desejo e o que eu preciso urgentemente fazer. A imaginação versus a crueldade da vida cinza e cada vez mais real.

Fecho meus olhos tristes e deixo a água varrer meu corpo. Luto para afastar qualquer pensamento. Abro meus olhos de novo, não tem jeito, não consigo me reconhecer por dentro e fora da minha carne fria. Não sei mais quem fui, não sei mais quem sou, e não gosto das alegorias que inventei como disfarce.

Vazia - mais uma vez eu deixei que alguém levasse o melhor de mim.

2 comentários:

nada disse...

Talvez seja pouco. Mas o pouco que conheço é demmmaiiss!!! Tô com saudade das nossas conversas!!

Amanda disse...

também tô!!! :))