20.11.08

Alguém tem que morrer

Que seja o blog. Fui.

4 comentários:

Anônimo disse...

Te leio faz um tempo sem te conhecer. Não deleta, deixa de escrever. Depois a vontade volta.

Escrevo pra que quando alguém queira lembrar, me conheça pelas minhas próprias palavras, não por outro que provavelmente não me "sinta".

Não apaga tuas pegadas deste mundo. Existe uma razão pra tudo, o destino é descobrí-las!

Amanda disse...

obrigada pelas palavras, eu não vou apagar, vou só colocar na gaveta, pq preciso virar essa página, sabe. começar algo novo. acho que criei um personagem aqui e não gosto dele, hehehe.

quando fizer outro blog coloco o link.

Leo disse...

quero te dizer pra não mudar, pra continuar aqui nesse blog, escrevendo. mas te entendo... às vezes satura e a gente precisa sacudir as coisas mesmo. boa sorte! espero que não demore muito pra virada acontecer!

Anônimo disse...

até mesmo os personagens que a gente não gosta fazem parte da sinfonia. É um troféu carregá-los, pra que outros descubram nossa capacidade de superação. BOA SORTE! Volte logo.